Retenção de talentos: porque é importante para sua empresa?

Retenção de talentos: porque é importante para sua empresa?

Em um mercado de trabalho cada vez mais competitivo, contar com profissionais extremamente capacitados e engajados com valores e objetivos da empresa não é tarefa fácil. A retenção de talentos pode significar um grande diferencial para a empresa. Mas para isso é necessário oferecer bem mais do que bons salários.

Muito mais que um salário atraente e um bom plano de benefícios, profissionais de talento buscam qualidade de vida. Para estes profissionais, uma proposta de emprego é avaliada levando em conta o clima organizacional, os valores da empresa e a possibilidade de crescimento profissional.

Gestores precisam estar atentos para que a empresa se torne atraente para estes profissionais, criando neles o engajamento com os objetivos da companhia e, ao mesmo tempo, permitindo a percepção de que ela se preocupa com os objetivos, valores e expectativas de seus funcionários.

Leia mais

Palestras corporativas: Afinal, por que são importantes?

Hoje já se sabe que o desenvolvimento profissional tem o mesmo peso entre várias prioridades, tanto para as empresas, quanto para os colaboradores. Neste contexto, as palestras corporativas ganham um espaço fundamental porque trazem benefícios para todos os lados.

Não é para menos que ter colaboradores sempre motivados e com força de vontade para vencer na empresa é o sonho de empresários, empreendedores, líderes, gerentes, gestores, supervisores… Enfim de todos os profissionais que têm equipes.

Leia mais

Autoavaliação: o que é e para o que serve?

Podendo ser usada tanto para o lado profissional, quanto para a vida pessoal, a autoavaliação vem se mostrando fundamental em diversas situações. Mas, sobretudo, por quem busca se desenvolver nas empresas, principalmente quando o assunto é liderança.

Afinal, como uma pessoa será capaz de gerenciar uma equipe sem conhecer bem a si mesma? Se você está determinado a crescer, evoluir e se satisfazer cada vez mais com sua carreira, use a autoavaliação, uma ferramenta poderosa para cumprir este objetivo.

Aprendemos a avaliar ainda na infância. É quando desenvolvemos a habilidade de pensar criticamente e fazer escolhas. É só reparar numa criança diante de dois brinquedos: ela pensa antes de tomar a decisão de qual escolher. Ela nem percebe, mas está avaliando.

Já a autoavaliação demanda um processo um pouco mais complexo e demorado. Você vai precisar olhar de forma crítica e à luz de suas crenças e valores, suas próprias características, qualidades, emoções, medos e modo de agir em determinadas situações. Principalmente, em ambiente de pressão e que exige tomada de decisão rápida e, se possível, certeira.

Afinal, o que é Autoavaliação?

Podendo ser usada tanto para o lado profissional, quanto para a vida pessoal, a autoavaliação vem se mostrando fundamental em diversas situações. Mas, sobretudo, por quem busca se desenvolver nas empresas, principalmente quando o assunto é liderança.

Afinal, como uma pessoa será capaz de gerenciar uma equipe sem conhecer bem a si mesma? Se você está determinado a crescer, evoluir e se satisfazer cada vez mais com sua carreira, use a autoavaliação, uma ferramenta poderosa para cumprir este objetivo.

Aprendemos a avaliar ainda na infância. É quando desenvolvemos a habilidade de pensar criticamente e fazer escolhas. É só reparar numa criança diante de dois brinquedos: ela pensa antes de tomar a decisão de qual escolher. Ela nem percebe, mas está avaliando.

Já a autoavaliação demanda um processo um pouco mais complexo e demorado. Você vai precisar olhar de forma crítica e à luz de suas crenças e valores, suas próprias características, qualidades, emoções, medos e modo de agir em determinadas situações. Principalmente, em ambiente de pressão e que exige tomada de decisão rápida e, se possível, certeira.

Afinal, o que é Autoavaliação?

Leia mais

5 dicas para uma avaliação de desempenho eficaz

Na cadeira da liderança, as responsabilidades passam por reter os talentos e desenvolver todos da equipe. A evolução constante e o aprimoramento dos profissionais do time dependem fortemente de um sistema de avaliação de desempenho eficaz.

Para ajudar nesta tarefa tão importante, separamos 5 dicas que garantem uma avaliação de desempenho eficaz de forma a conseguir que sua equipe atue com o máximo de seu potencial, entregando resultados positivos e não perdendo os bons profissionais para o mercado.

A avaliação de desempenho deve ser estruturada com o objetivo de ser muito mais que apenas uma etapa anual, perdida na programação da área e cujos planos de ação decorrentes dela sejam esquecidos. Tanto gestores, quanto colaboradores, não devem economizar esforços para que este processo de avaliação de desempenho aconteça de forma organizada e periódica. Agora vamos às nossas dicas:

Leia mais

7 dicas para otimizar processos de RH com poucos recursos!

7 dicas para otimizar processos de RH com poucos recursos!

A alta competitividade no mercado sempre exige melhorias e atualizações constantes em todas as áreas da empresa.

Para não perder tempo e dinheiro, as ações nesse sentido têm que ser rápidas, certeiras, eficientes e econômicas.

Se no geral essa regra tem que ser obedecida, imagine então no setor de Recursos Humanos.

Otimizar processos é uma das tarefas mais importantes dentro das organizações que querem continuar crescendo. E no RH isto não é diferente.

Tarefas manuais demandam muito tempo para alcançar bons resultados. Exigem várias correções e adaptações que, com certeza, impedem que o RH se concentre em outras funções que não atender às demandas burocráticas.

E hoje em dia? O que pode ser feito para otimizar processos de RH? Poucos recursos, sejam humanos ou financeiros, não podem mais ser desculpas.

Damos aqui dicas para a otimização das atividades desta área com a ajuda da tecnologia. Acompanhe!

Leia mais

Plano de Desenvolvimento Individual: O que levar em conta?

Plano de Desenvolvimento Individual

Sem um bom mapa não se vai a lugar nenhum, certo? O mapa é para uma viagem como o PDI (Plano de Desenvolvimento Individual) é para uma carreira profissional.

Tamanha é sua importância que hoje vamos detalhar o que é este plano e o que se deve levar em conta na hora de construí-lo. Então, não deixe de ler este conteúdo até o final!

Leia mais

O que é assessment e qual a sua importância?

O que é assessment e qual a sua importância?

O assessment surge no mundo corporativo como uma ferramenta fundamental para uma gestão profissional eficiente. O método tem ganhado força e as empresas estão cada vez mais enxergando sua importância e seus propósitos.

Mas, afinal, o que é assessment? Para que serve? Vamos esclarecer este importante tema neste artigo. Acompanhe!

Não importa o tamanho ou o segmento em que a empresa atue, certamente a liderança terá que, em algum momento, tomar decisões quanto à abertura de vagas, sucessão de gestores, fusões, demissões e outras situações que exigem bastante conhecimento.

É neste contexto que o assessment faz toda diferença!

Leia mais

Terceirização: Principais modificações realizadas pela Reforma Trabalhista

Terceirização: Principais modificações realizadas pela Reforma Trabalhista

As mudanças serão aplicadas nos contratos firmados após a validação da Reforma Trabalhista.

As novas regras para a terceirização de serviços aprovadas pela Reforma Trabalhista ainda geram incertezas para empregados e empregadores. Mas afinal quais são as modificações decorrentes da nova lei?

Aprovada no plenário do Senado, a Reforma Trabalhista entrou em vigor em novembro de 2017 e alterou diversos artigos da Consolidação das Leis Trabalhistas a fim de adequar à legislação às novas relações de trabalho, entre elas a terceirização de serviços.

Vale lembrar que a lei da Terceirização foi aprovada em março, antes da Reforma. Sendo assim, os pontos alterados na reforma trabalhista foram apenas para complementar a nova lei.

Leia mais

Assédio moral e suas consequências

Assédio Moral

Em meio a um mercado extremamente competitivo, gestores lidam diariamente com a busca por melhores resultados. Entretanto, é necessário ter em mente qual o limite para cobrar um colaborador ou funcionário por mais produtividade no trabalho. Caso extrapolem na exigência por alto rendimento, esses profissionais passam a correr o risco de praticarem assédio moral.

Os processos instaurados para a apuração de denúncias de assédio moral cresceram nos últimos anos no Brasil. Nos primeiros nove meses de 2016, a Controladoria-Geral da União (CGU) registrou um processo sobre esse tema a cada 55 horas.

Mas como identificar que situações configuram assédio moral e quais cobranças são aceitáveis no local de trabalho? Neste artigo, ajudaremos a responder a essas questões e saber como os gestores podem trabalhar na prevenção, que é o melhor caminho.

Leia mais

Entenda a importância dos treinamentos de pessoas nas organizações

Entenda a importância dos treinamentos de pessoas nas organizações

Introdução

Como atingir as metas estabelecidas para um negócio e aprimorar os resultados alcançados? Ter a resposta para essa questão e saber colocá-la em prática não envolve apenas boas intenções e ter clareza sobre onde quer chegar. É preciso estar preparado para seguir o que foi planejado, mas também ter soluções para eventuais percalços que surjam nessa trajetória. O treinamento de pessoas é o caminho ideal para que as empresas consigam enfrentar esses obstáculos.

A expectativa por bons resultados deve ser consequência de ter uma equipe preparada para exercer bem suas funções e criar novas alternativas de negócios. Profissionais despreparados não são capazes de oferecer as competências necessárias para o crescimento corporativo. Além disso, a falta de capacitação gera custos com repetição de processos e insatisfação de clientes.

Mudanças em processos e na gestão, novas tecnologias, necessidade de relacionamentos, negociação, atendimento a clientes e liderança requerem um aprimoramento contínuo por parte dos empregados de uma empresa. Ter essa capacitação refletirá diretamente na forma como o negócio enfrentará a competitividade de seus concorrentes.

Leia mais

Principais cuidados nos processos de contratação de terceiros (atualizado pela Lei da Terceirização)

Principais cuidados nos processos de contratação de terceiros (atualizado pela Lei da Terceirização)

A saída para algumas empresas que precisam de um determinado serviço, mas por questões estratégicas ou ainda por ser um trabalho muito específico, não desejam contratar um funcionário na modalidade CLT, é a terceirização da mão de obra. Apesar de ser uma forma bem segura de garantir que um trabalho seja feito e ainda contar com a modernização trazida pela Lei 13.429/2017, é preciso tomar cuidados na hora de contratar, para evitar que esse contrato se torne uma dor de cabeça no futuro e uma fonte de passivos trabalhistas.

A terceirização é a contratação de serviços por meio de uma empresa intermediária entre a empresa contratante e a mão de obra. Porém, antes das alterações trazidas pela lei da terceirização, essa contratação só era permitida para serviços que não faziam parte da atividade principal da contratante; agora já há permissão legal e é possível contratar mão de obra terceirizada para qualquer tipo de atividade, inclusive a atividade-fim.

Determinar se uma atividade podia ser feita ou não por mão de obra terceirizada variava de uma empresa para outra e era complicado saber o que se relacionava diretamente à atividade-fim. Com essa fase superada, agora os critérios para saber se vale a pena a terceirização estão baseados em outras preocupações.

Leia mais

Afinal, qual é o papel do Preposto Trabalhista na justiça do trabalho?

Afinal, qual é o papel do Preposto Trabalhista na justiça do trabalho?

Quando um funcionário é desligado da empresa de forma irregular ou ainda quando, mesmo sem interromper o contrato de trabalho, decide discutir judicialmente algum aspecto, ele pode ingressar com uma Reclamação Trabalhista e, conforme determina a CLT, no momento da audiência esta deve ocorrer com a presença das duas partes interessadas: a reclamante e a reclamada. Porém, nem sempre é possível que o presidente ou um dos sócios da empresa compareça à audiência, não é? Para isso existe o Preposto, um substituto que pode representar legalmente a empresa neste processo. Mas qual o papel do Preposto trabalhista e qual a melhor pessoa para essa função? Continue lendo para saber mais!

Leia mais

O que são treinamentos comportamentais e como eles influenciam no trabalho?

O que são treinamentos comportamentais e como eles influenciam no trabalho?

Introdução

As pessoas são o maior diferencial de toda e qualquer empresa. Esse ativo vivo, capaz de gerar resultados incríveis, também pode fazer com que uma organização não chegue a lugar algum, quando não se consegue um alinhamento entre as atividades desenvolvidas pelos profissionais e os objetivos da organização.

Existem muitos profissionais no mercado com conhecimentos para desenvolver trabalhos de excelência, entretanto, nota-se que grande parte deles não teve oportunidade de aprimorar o seu comportamento, e isso compromete o resultado organizacional.

Leia mais

Direitos dos trabalhadores ao serem demitidos – Leis Trabalhistas (artigo redigido antes da Reforma Trabalhista)

Direitos dos trabalhadores ao serem demitidos – Leis Trabalhistas

Introdução

Com o grande volume de ações trabalhistas no Brasil, o Tribunal Superior do Trabalho (TST) previu que serão 3 milhões de processos em 2016. Esse número representa um aumento de quase 13% em relação a 2015. Cobranças de verbas rescisórias e horas extras e recolhimento do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) estão entre as principais razões que levam empresas a enfrentarem transtornos com o cumprimento das leis trabalhistas.

A tendência de crescimento de ações trabalhistas acompanha o aumento do número de demissões. Com dificuldades para enfrentar a crise financeira, muitas empresas têm feito cortes de pessoal. Para que não façam parte da relação de réus na Justiça do Trabalho, os gestores têm de estar atentos aos direitos do trabalhador em caso de demissão. Neste artigo, serão esclarecidos quais são esses direitos e como o empregador pode se precaver contra possíveis processos.

Leia mais


Treinamento de Pessoas: As 5 Ações de Ouro para o Gestor no treinamento de suas equipes

Treinamento de Pessoas - Entenda o papel do gestor no treinamento

Ainda hoje, muitos executivos não tratam o capital humano como ativo, mas apenas como custo. Esse pensamento precisa mudar, e os indivíduos devem ser valorizados como o que de fato são: os motores que impulsionam a empresa.

É papel dos acionistas, executivos, gestores e demais líderes fortalecer a noção de que as pessoas são imprescindíveis e que seu desenvolvimento pessoal e profissional traz ganhos incríveis para a organização como um todo. A valorização do capital humano deve estar inserida na cultura da empresa. Nesse contexto, o treinamento de pessoas é um ingrediente essencial, pois especialização e experiência geram equipes de alto desempenho e produtividade.

Apesar de grande parte das pessoas entenderem a importância do treinamento, nem sempre o que é ensinado é levado para o cotidiano de trabalho. Ou seja, nem sempre acontece a transferência do aprendizado. Mas quais seriam os obstáculos? E como removê-los? Qual seria o papel do gestor nesse processo?

Leia mais

Entenda as diferenças entre: Gestão de Pessoas x Gestão de RH x Departamento Pessoal

Entendas as diferenças entre: Gestão de Pessoas x Gestão de RH x Departamento Pessoal

Introdução

A complexa estrutura que envolve as organizações atualmente, faz com que exista uma série de mal-entendidos em relação às funções exercidas tanto pelo Departamento de Pessoal, como pelo Departamento de Recursos Humanos. Podemos afirmar que tal confusão é gerada em parte por pessoas que desconhecem o funcionamento de uma organização, porém na maioria das vezes é gerada por pessoas que não se adaptaram ao novo paradigma de valorização do capital humano.

Assim, ainda é comum no ambiente das organizações encontrar gestores e mesmo proprietários/ sócios que não reconhecem a necessidade de oferecer uma melhor gestão ao patrimônio mais importante da organização – as pessoas. Certa vez ouvi de um empresário: Por que tenho que investir na gestão de recursos humanos? Eu pago, logo elas têm que trabalhar”.

Quer ampliar seu conhecimento sobre esse tema, confira a seguir.

Leia mais

Como fazer o treinamento de equipe valer a pena?

Como fazer o treinamento de equipe valer a pena?

1. Introdução

Empresários e gestores reconhecem que o verdadeiro diferencial competitivo de uma empresa está na qualidade do seu capital humano. Profissionais competentes e equipes de alto desempenho, são fundamentais para o sucesso dos negócios. Assim, é preciso contar com práticas eficientes de gestão de pessoas, direcionadas principalmente para a atração e retenção de talentos, ao desenvolvimento dos colaboradores, ao incentivo ao aprendizado e aos índices de motivação e de engajamento — sempre com a finalidade de formar times multidisciplinares, mais fortes e comprometidos com os objetivos corporativos.

Neste contexto, programas de treinamento devem ser uma das prioridades dentro do planejamento estratégico. De fato, é preciso compreender que os aportes em qualificação não podem ser vistos como despesas adicionais, mas como um investimento corporativo visando garantir a produtividade de todas as equipes. Entretanto, para que esse investimento seja realmente efetivo, é essencial elaborar um programa abrangente, com base no levantamento das reais necessidades da empresa e das equipes.

Leia mais

A importância de avaliar desempenho e o modelo por competências

A importância da Avaliação de Desempenho e o modelo por competências

No universo corporativo, investir em gestão de pessoas é fundamental para que a organização se mantenha competitiva no mercado. Para tanto, ela precisa investir em educação e capacitação de seus funcionários no intuito de potencializar processos e inovar, afinal, pessoas qualificadas entregam melhores resultados.

As organizações buscam atrair e selecionar profissionais que compartilham de seus valores e crenças e utilizam sistemas de reconhecimento para estimular e garantir desempenhos considerados adequados e desejáveis às suas realidades.

A premissa básica é a de que os profissionais da empresa precisam aprender a identificar suas próprias competências, necessidades, pontos fortes e fragilidades. O papel dos superiores, bem como da área de recursos humanos, passa a ser o de ajudar o avaliado a relacionar seu desempenho às necessidades e realidade da organização.

Neste post, falaremos melhor sobre uma das ferramentas utilizadas em gestão de pessoas – a avaliação de desempenho, que permite ao gestor entender quais pontos precisam ser potencializados em cada funcionário para que os resultados sejam mais efetivos.

Leia mais

Redução de gastos: Como isso afeta o setor de Recursos Humanos?

Redução de gastos: Como isso afeta o setor de Recursos Humanos?

O Brasil está vivendo um momento delicado na economia. A estimativa do Banco Central é de que o PIB sofrerá um encolhimento de 3,83% até o final de 2016. Diante disso, muitas empresas estão trabalhando com redução de gastos (*) para se manterem competitivas e rentáveis.

O problema é que quando os cortes não são bem planejados, podem se voltar contra o negócio. E, muitas vezes, áreas como a de recursos humanos podem sofrer impactos significativos.

É sobre isso que conversaremos neste artigo. Você verá como a redução de gastos de uma empresa pode impactar a condução de projetos, a manutenção da qualidade, a produtividade e até o clima organizacional. Também terá dicas para evitar que os cortes nos gastos sejam um martírio para o RH. Acompanhe!

(*) A palavra gastos pode tanto se referir a custos, como despesas ou mesmo investimentos.

Leia mais

Guia de Educação Corporativa para a sua empresa

Guia de Educação Corporativa para a sua empresa

1. Introdução

O mercado atual exige, cada vez mais, grande capacidade de adaptação e inovações constantes das empresas. Nesse cenário, investir na capacitação e no desenvolvimento dos colaboradores é uma iniciativa essencial para aumentar a competitividade do negócio e obter destaque em meio a um cenário tão competitivo. E é nesse ponto que a Educação Corporativa entra como componente fundamental no planejamento estratégico de uma empresa, uma vez que tem como grande objetivo desenvolver e fazer a gestão de pessoas para reter talentos e alcançar os objetivos da organização.

Continue lendo o nosso guia e conheça mais sobre a Educação Corporativa e saiba como implementá-la de forma eficaz na sua empresa!

Leia mais

Como medir e otimizar os resultados em treinamento

Como medir e otimizar os resultados em treinamento

Na nova economia o capital humano assume importância fundamental na criação de valor. Estudos indicam que até 85% do valor das organizações baseiam-se em ativos intangíveis. A Globalização nos negócios, o desenvolvimento tecnológico, o forte impacto das mudanças e o intenso movimento pela qualidade e produtividade, vêm exigindo cada vez mais de nossos protagonistas e, isso requer capacitação e qualificação profissional.

Leia mais

Vale a pena investir em um programa de educação corporativa?

Vale a pena investir em um programa de educação corporativa?

Certamente, você tem visto muitos conteúdos na internet, em sites sobre Gestão de Pessoas e RH, falando sobre a “Educação Corporativa”. Trata-se de estabelecer programas alinhados a uma política sólida e bem implementada de incentivo à capacitação dos colaboradores de uma empresa. Porém, apesar do assunto estar ganhando mais atenção e popularidade no meio empresarial, programas de Educação Corporativa ainda não são compreendidos completamente e há muitas dúvidas em torno do tema. A principal dúvida é: Vale a pena, realmente, investir em um programa de educação corporativa?

Descubra a resposta para essa pergunta no nosso artigo de hoje!

Leia mais

Educação corporativa: 10 soluções criativas para a sua empresa

Educação Corporativa: 10 Soluções criativas para a sua empresa

A competitividade e a globalização do mercado exigem cada vez mais das empresas. Características como capacidade de adaptação, inovação e melhoria contínua tornaram-se essenciais para a sobrevivência e crescimento dos negócios. Para aperfeiçoar a entrega e o nível de competitividade de uma empresa é necessário que os seus funcionários atendam a esse ritmo e desenvolvam suas capacidades pessoais.

É nesse ponto que a educação corporativa aparece como parte primordial da estratégia das empresas. Essa é uma excelente ferramenta para desenvolver funcionários e gerar conhecimentos que estejam de acordo com os objetivos do negócio, aumentando o comprometimento e facilitando a retenção de talentos.

A grande pergunta que fica, no entanto, é como proporcionar um programa adequado de educação corporativa que seja eficiente e, ao mesmo tempo, engaje os colaboradores. Continue lendo o nosso artigo e conheça 10 soluções criativas para a sua empresa nesse sentido!

Leia mais

Qualidade de Vida como um investimento para as organizações

Qualidade de Vida como um investimento para as organizações

O funcionário como colaborador

Foi-se o tempo em que o funcionário era visto apenas como uma força de trabalho. Hoje, até a sua terminologia mudou, passando a ser “colaborador” – aquele que contribui com a organização. Contudo, essa contribuição deve ser mútua e trazer benefícios para ambos, de forma que haja interesses em comum.

Leia mais

Você sabe como gerir seus talentos?

VOCÊ SABE COMO GERIR SEUS TALENTOS?

Gestão Estratégica de Capital Humano na Retenção de Talentos

É fato que existem poucos profissionais realmente capacitados disponíveis no mercado de trabalho para atender as necessidades das empresas, e a busca e retenção desses talentos é hoje um dos maiores desafios das organizações. Mais do que encontrar esses profissionais e oferecer atrativos remuneratórios e de crescimento de carreira, estão às ações que a companhia disponibilizará para que esse talento se sinta engajado, motivado e que alcance seus resultados pessoais e profissionais, dentro e fora dos muros da organização.

Leia mais

A Excelência no Desenvolvimento de Pessoas e o Balanced Scorecard

A Excelência no Desenvolvimento de Pessoas e o Balanced Scorecard

Pessoas + Competências = Resultados

Cada vez mais os Clientes querem resultados nas intervenções em gestão de pessoas, quer nos projetos de consultoria, quer nos programas de treinamento. Nossa crença como provedores de solução em processos de aprendizagem e consultoria em Recursos Humanos é pela ampliação nas empresas da gestão baseada em competências, o que pressupõe a implantação e implementação de programas de mapeamento, avaliação, feedback, e planos de desenvolvimento para suprir e fortalecer os gaps profissionais identificados. Porém, tão importante quanto, é implantar um sistema de mensuração do desempenho para a gestão e melhoria da performance futura.

Leia mais


Solicite mais informações
*Fique tranquilo, você não está assumindo nenhum compromisso ao preencher o formulário.
Fale conosco por E-mail, Telefone ou WhatsApp
Segunda à Sexta 8:00 às 17:48
(11) 5591-3000
Atendimento via
(11) 99984-2611
Siga a CR BASSO nas redes sociais: