Entenda o que é FIT CULTURAL e como adotar

31 de janeiro de 2022
Autor: Redator CR BASSO - Categoria: Blog, Recursos Humanos
Fit Cultural

O processo de recrutamento e seleção, é uma das etapas mais trabalhosas e importantes quando falamos em Recursos Humanos. É justamente neste processo que o fit cultural deve ser aplicado para avaliar o alinhamento do candidato com os valores e a cultura organizacional da empresa contratante.

O fit cultural assegura contratações mais adequadas e permanentes, o que evita altos índices de turnover. Permite, ao mesmo tempo, observar se o profissional tem a capacidade necessária para se adaptar às crenças, políticas e comportamentos que a empresa espera dele. 

Portanto, além de contar com equipes com elevada competência técnica (hard skills), as empresas precisam contar com pessoas motivadas e comprometidas com o negócio.

Veja quais os benefícios de contratar pessoas com fit cultural

  • Os valores organizacionais estão equiparados aos valores individuais: este aspecto propicia contratações mais promissoras;
  • Retenção de talentos: além da redução da rotatividade (turnover), que já falamos aqui, os contratados com fit cultural praticam os códigos de conduta da empresa. Com isso, se sentem mais acolhidos e reconhecidos no ambiente de trabalho, evitando assim insatisfações e procura por outro emprego;
  • Redução da curva de aprendizado: o nivelamento cultural favorece o aprendizado e a estratégia de gestão de pessoas;
  • Melhoria do clima organizacional: o colaborador que se identifica com os valores da empresa, confia muito mais no sucesso da organização e se sente estimulado a contribuir para esse crescimento. Além disso, sua produtividade atende as necessidades da empresa, melhorando os seus resultados e aumentando a sua vantagem competitiva;
  • Mais valorização para as marcas da empresa: os colaboradores são o reflexo da organização. Quando comentam positivamente sobre ela, atuam como embaixadores, fortalecendo suas marcas institucionais e de produtos, valores e cultura.

Clareza sobre a cultura organizacional é indispensável

Antes de implementar a metodologia conhecida por fit cultural, o recrutador e o gestor da oportunidade em aberto precisam ter na ponta da língua e vivenciar no dia a dia, os valores da organização. Onde se deseja chegar? O que precisa ser feito pra alcançar este destino? Quais os valores, princípios e objetivos da organização?

Tendo as respostas acima, é possível ter clareza sobre quais as características mais valorizadas em seus colaboradores. Após entender esses conceitos à luz da essência da cultura da empresa, é necessário traduzir cada valor em comportamentos que são observados no cotidiano do trabalho.

Diante de tudo isso, o que um candidato precisa ter para fazer parte do quadro de funcionários? Lembre-se que o perfil comportamental, também conhecido como soft skills, abrange características como paciência, resiliência, senso de liderança, capacidade de trabalhar em grupo, facilidade de comunicação, entre outros atributos.

Além do recrutador e gestor poderem identificar características e comportamentos emocionais em entrevistas, também é possível verificá-los por meio de testes específicos que mapeiam os perfis comportamentais de cada candidato. 

17 dicas sobre como adotar o fit cultural na sua empresa

  1. No processo seletivo, valorize as vagas da empresa, divulgando-as de forma clara.
  2. Na descrição da vaga, o ideal é apresentar um pouco da cultura da empresa para, assim, atrair os profissionais mais adequados ao perfil procurado.
  3. Na página de carreiras ou no menu “trabalhe conosco” no site da sua empresa, busque apresentar com transparência as informações da vaga e da empresa, seja por meio de texto, vídeos, fotos etc.
  4. Não se esqueça de deixar bem à vista a missão, visão e valores, bem como a explicação sobre a cultura da empresa. Dessa forma, o profissional interessado em fazer parte da organização já pode verificar se há compatibilidade com o seu perfil.
  5. Facilite também o formulário a ser preenchido. Muitos profissionais desistem da vaga porque perdem muito tempo na inserção dos dados.
  6. Explore tudo sobre a vaga aberta, elencando os conhecimentos básicos necessários.
  7. Comente a respeito das soft skills (competências comportamentais) desejadas.
  8. Estabeleça as etapas do funil de recrutamento.
  9. Defina o canal de comunicação com os candidatos.
  10. Escolha diversos canais para a divulgação da vaga.
  11. Filtre e selecione os candidatos que seguem para as próximas etapas e comece as dinâmicas, aplicação de testes e entrevistas.
  12. No processo de seleção, os testes comportamentais, as dinâmicas e entrevistas são a maneira de avaliar o fit cultural;
  13. Elabore perguntas abertas para cada valor que sejam aplicáveis aos cargos e adaptáveis conforme o nível hierárquico.
  14. Você pode também fazer perguntas que explorem a percepção individual do candidato, além de questões abertas sobre uma situação fictícia ou hipotética. O objetivo aqui é levar o profissional a expressar sua opinião e demonstrar como se comporta diante de algumas situações.
  15. Dentre as perguntas a serem feitas ao candidato, seguem alguns exemplos:
    • Como você reage quando colegas discordam da sua ideia?
    • Qual a sua reação ao discordar da opinião de um colega?
    • O que você faria em uma situação de conflito entre seus pares?
    • Você trabalha melhor com horários rígidos ou prefere os flexíveis? Por quê?
    • Como você administra prioridades no trabalho?
    • De que forma você se sente quando enfrenta um processo de mudança?
    • Como você prefere receber feedbacks?
    • Qual o motivo que o levaria a sair de uma empresa?
    • O que te motiva a trabalhar? Quais são os seus objetivos?
    • Como você lida com as relações interpessoais no dia a dia de trabalho?
    • O que você mais valoriza em um local de trabalho?
  16. Analise as respostas recebidas dos entrevistados e verifique quais estão mais aderentes ao que sua organização espera dos candidatos.
  17. Escolhido o candidato mais adequado, não se esqueça de dar um retorno para todos que participaram do processo de seleção. Este gesto demonstra respeito que se reflete na boa reputação da empresa!

Se você gostou de saber mais sobre fit cultural, vai gostar também de ler nosso artigo que aborda sua contribuição na motivação da equipe.

A CR BASSO Educação atua há 25 anos no segmento de treinamentos e consultoria. Oferecemos um extenso portfolio de produtos (são mais de 100 cursos) apresentados na modalidade in company e destes, 28 são apresentados na versão de programa aberto.

Desde a pandemia que nos obrigou ao distanciamento social, somos pioneiros na apresentação de cursoss no formato ONLINE AO VIVO com uma grande diferencial. Nossos cursos são apresentados ao vivo diretamente de Estudios Profissionais de TV.

A resposta que recebemos de nossos Clientes e dos Treinandos, nos incentivam a cada dia oferecer experiência de valor em materia de educaçao corporativa.

CR BASSO, eleita 07 vezes como a empresa Melhor Avaliada no segmento Consultoria de Treinamento e presente há 14 anos na lista dos 100 Melhores Fornecedores para RH.


Autor: Redator CR BASSO - Categoria: Blog, Recursos Humanos

Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments

Solicite mais informações
*Fique tranquilo, você não está assumindo nenhum compromisso ao preencher o formulário.
Fale conosco por E-mail, Telefone ou WhatsApp
Segunda à Sexta 8:00 às 17:48
(11) 5591-3000
Atendimento via
WhatsApp CR BASSO
(11) 99984-2611
QR Code WhatsApp CR BASSO