Liderança e motivação: Por que esses dois fatores andam sempre juntos?

14 de julho de 2016
Autor: Carlos Basso - Categoria: Blog, Liderança
Liderança e motivação: Por que esses dois fatores andam sempre juntos

Para falar de liderança é necessário entender de fato o que essa palavra significa. Ser líder é ser capaz de inspirar equipes, independente do cargo que se ocupa na empresa. Às vezes, existem bons líderes que também ocupam cargos de chefia, mas isso não é uma regra. Existem colaboradores em diferentes posições na empresa que são líderes por excelência.

Já a motivação, vem de movere (latin) o que significa mover-se em direção a algo. Expressa um movimento, uma ação da pessoa na direção do que ela quer obter. É uma característica capaz de manter o indivíduo sempre com o olhar para frente, não quer dizer que ele esteja sempre feliz, como muitas pessoas pensam, mas que ele mantém um olhar sobre a vida ativo, que o faz tomar decisões no presente, favorecendo-o no futuro. Pessoas não são motivadas, pessoas se auto motivam e para isso elas precisam de motivo, precisam de razões.

Mas qual a ligação entre esses dois conceitos? Por que liderança e motivação estão sempre juntas? Não é algo trivial. A posição de liderança expressa ações capazes de manter o liderado automotivado, mas isso não é uma obrigação do líder, é quase que uma atitude natural. Os líderes sentem a necessidade de se automotivarem constantemente se quiserem inspirar outros a também se motivarem. O líder é a pessoa que dá motivos, razões, para que um liderado se motive. Em relação a essa atitude, algumas características são importantes. Confira o que será abordado nesse post:

A mudança como rotina

O filósofo Heráclito tem uma frase famosa no meio empresarial que também pode se aplicar a outros aspectos da vida: “a única coisa permanente é a mudança”. Essa frase é como um mantra para os bons líderes. Nenhum líder consegue se manter motivado se não estiver disposto a mudar constantemente. É o líder, através de seu comportamento, que reduz possíveis resistência dos liderados frente às mudanças.

A atenção às pessoas

O líder é, acima de tudo, uma pessoa generosa, capaz de perceber as peculiaridades das pessoas que estão à sua volta. Ele sabe tratar com a devida atenção aqueles que precisam de mais atenção, mais proximidade e mais rigor. Não há igualdade na gestão quando o tema são as pessoas. Cada colaborador é único e exige estratégias diferenciadas na condução pelo líder.

Se um liderado está passando por momentos difíceis na vida pessoal, o bom líder deve ter a capacidade de perceber, ser empático e de fazê-lo refletir sobre os motivos para enfrentar os obstáculos. Isso parece mesmo desafiante, não é? E é muito! Mas lembre-se de que a motivação não é felicidade, mas estímulo constante. É possível manter um liderado automotivado, mesmo que ele esteja passando por situações difíceis, é preciso estar atento à situação e agir.

O aproveitamento dos recursos disponíveis

Quando se fala nos recursos importantes à disposição do líder, é preciso pensar no que é possível, trabalhar com a realidade. Não significa oferecer a equipe apenas bons salários e um excelente plano de carreira, mas apresentar a eles, o que os aspectos tangíveis não podem oferecer necessariamente.

Isso pode ser materializado por meio de um excelente ambiente de trabalho, uma comunicação fluida entre todos da equipe, metas claras e desafiadoras e projetos que façam os olhos de todos brilharem! É claro que o incentivo financeiro é significativo, no entanto, pesquisas mostram que os salários sozinhos não seguram ninguém nas empresas, é necessário ir além.

O espaço para expandir horizontes

O ambiente corporativo faz com que muitos gestores se mantenham em um mesmo ambiente por muito tempo, o que leva ao ostracismo e muitas vezes ao tédio. É preciso ao líder, uma visão sempre positiva do futuro. Uma reunião inicial de um novo projeto com a equipe, pode acontecer em diferentes espaços dentro ou fora da empresa, inclusive num parque em frente ao escritório, sem ar-condicionado e com o barulho das árvores ao fundo.

Sair do ambiente de escritório pode mudar completamente a forma de ver um projeto ou um grande desafio que vem pela frente. As pessoas precisam de espaço para expandir, isso tem a ver com espaço físico, mas também com ideias e atitudes. O líder precisa desse tipo de motivação para se manter em atividade criativa e criadora e isso também se estende a sua equipe.

A motivação em tempos difíceis

Mas você deve estar pensando: como se manter motivado quando as metas não estão sendo atingidas, quando a equipe está desfalcada ou quando o cenário não está favorável? São nesses momentos que os verdadeiros líderes são testados. O líder é sempre aquele profissional que trabalha com uma visão positiva de futuro, tem fé inabalável no poder de transformar e se torna referência de perseverança para os liderados. Exercer a liderança nos revezes, exige pelo menos três características do líder: equilíbrio, coragem e ousadia.

Equilíbrio para fazer boas escolhas, coragem para vencer o medo com segurança e ousadia para fazer diferente, mesmo que ninguém ainda tenha feito. Para manter a motivação em épocas difíceis, o líder precisa caminhar com cuidado, mas sempre caminhar. Mesmo quando tudo parece não estar favorável, ele precisa dialogar com a sua equipe, colocar as cartas na mesa e fazer um planejamento muito bem estruturado para que o momento de turbulência seja superado.

A capacitação constante

Você acredita em líder nato? Muitos podem até ser, mas a maioria das lideranças são formadas com muito treinamento, estudo e competência. Ser um líder nato nos dias de hoje é algo extremamente difícil. Em um mundo em constante transformação, é necessário estar atento aos cenários de mudanças, aprendendo a se posicionar de acordo com a mudança de contextos.

Uma boa formação e a capacitação continuada precisa ser uma constante na vida dos líderes. Fazer uma especialização é uma ótima maneira, mas conhecer outros ambientes corporativos, dedicar-se a leitura, conhecer a realidade de outras organizações, inclusive em outros países e contribuir para Organizações Não-Governamentais (ONGs) podem ajudá-lo a se manter sempre atualizado.

A CR BASSO Consultoria e Treinamento é uma empresa especialista no entendimento de necessidades, desenvolvimento de conteúdos e aplicação de soluções através de cursos, programas de liderança e avaliação de resultados em treinamentos.

Temos expertise também no diagnóstico de Equipes e/ou de Lideranças para gerar planos de desenvolvimento profissional.

A CR BASSO Educação atua há 25 anos no segmento de treinamentos e consultoria. Oferecemos um extenso portfolio de produtos (são mais de 100 cursos) apresentados na modalidade in company e destes, 28 são apresentados na versão de programa aberto.
Desde a pandemia que nos obrigou ao distanciamento social, somos pioneiros na apresentação de cursos no formato ONLINE AO VIVO com um grande diferencial. Nossos cursos são apresentados ao vivo diretamente de Estúdios Profissionais de TV, o que proporciona uma experiência incrível de aprendizagem

A CR BASSO Educação está há 14 anos eleita entre os 100 Melhores Fornecedores para RH de acordo com pesquisa nacional promovida pela Revista Gestão e RH. Em quatro dos últimos seis anos a CR BASSO Educação foi eleita a Melhor Empresa no Segmento de Consultoria e Treinamento do país, o que muito nos orgulha.

Conheça nossos produtos e todo nosso campo de atuação.
Estamos ansiosos por seu contato.

Se você gostou do artigo, compartilhe com seus amigos(as).
Nosso obrigado. Equipe CR BASSO.


Autor: Carlos Basso - Categoria: Blog, Liderança

Subscribe
Notify of
guest
1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Gisele Teles
Gisele Teles
4 anos atrás

Muito bom, obrigada por compartilhar.


Solicite mais informações
*Fique tranquilo, você não está assumindo nenhum compromisso ao preencher o formulário.
Fale conosco por E-mail, Telefone ou WhatsApp
Segunda à Sexta 8:00 às 17:48
(11) 5591-3000
Atendimento via
WhatsApp CR BASSO
(11) 99984-2611
QR Code WhatsApp CR BASSO